Arquivo da categoria: ecologia

bomba

A explosão demográfica é a coisa mais assustadora pra humanidade que só pensa em crescer, fabricar mais, viver mais e consumir sempre mais.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cidade, ecologia

cantor magrelo vira dj ursão; vaga viva na rua augusta

O amigo Fernando ‘Tin God’ Britto escreveu de Londres contando sobre sua surpresa ao descobrir que o DJ, um ursão barbudo e tatuado, que tocava na festa em que ele estava já tinha sido um adolescente magrinho e vocalista de banda pop. Claro que eu também fiquei passado com essa história de transformação!!!

“Conheci este DJ incrível ontem tocando numa festa no Soho, ele toca um house funky e pra cima sem cair no comercial. No meio do set ele tocou Primal Scream, Silicon Soul, e quando fui falar com o bofe descobri que ele era o vocalista do Soup Dragons!! Gente mais camaleão que David Bowie, incrível a transformação, o cara era super baby magrinho indie e agora todo ursão e musculoso!”

O cara se chama DJ HiFi Sean e é residente em várias festas em Londres. Pelo o que ouvi em sets (na internet, infelizmente), o som beira uma tribal house bate-cabelo mas não escorrega na bagaceira comercial que a maioria dos clubes gays gostam de tocar (ou nos forçam a engolir). A biografia completíssima sobre a carreira, desde Soup Dragons até as festas gay bear em San Francisco, e vários sets e fotos estão no perfil de HiFi Sean no site PodOmatic. Também encontrei o ursão, da foto abaixo, aqui no Facebook.

Ele também é (ou foi) Sean Dickson – líder, vocalista e guitarrista da banda escocesa Soup Dragons. Na reprodução da capa da revista Bizz, ele está no centro da foto. Uma das filhas da onda acid house da virada dos 80 pros 90, Soup Dragon emplacou com o top hit “I’m Free”. Dessa fase jovenzinho de cabelos lisos escolhi o videoclipe de “Backwards Dog”, que vem direto do canal Youtube de Sean e ele conta que esse vídeo foi gravado em 1989 na “velha sala de ensaio nos estúdios Berkeley”.

Pra terminar, fiquem com o ótimo videoclipe (mais recente) dirigido por Andrew Harris para o remix que HiFi Sean fez pra música “77 Strings” do projeto Mantronix. Tá bem melhor que a original!

* * * * * *

ATENÇÃO! ESTA AÇÃO ACONTECERÁ NA PROXIMA SEMANA, DIA 01/10, POR CAUSA DA CHUVA

NA NOITEDE SEXTA EM SÃO PAULO!

Proibido estacionar – Hoje (sexta 24) rola o projeto Vaga Viva em alguns pontos do Baixo Augusta. O projeto é uma ação que, dessa vez, ocupará dez vagas para estacionamento de automóveis com bancos e árvores entre 22h e 2h. O objetivo é retomar para os cidadãos parte do espaço que geralmente é ocupado por carros. Os pontos onde acontecem as ações, que vão de distribuição de sementes de árvores nativas e graffiti até performances e conversas sobre ecologia, são:

Rua Augusta na altura dos números 609 (futura praça Augusta, próximo ao Club Noir), 810 (próxima ao clube Vegas) e 976 (Teatro Silva), e ainda na esquina das ruas Fernando de Albuquerque e Augusta (bar Ibotirama).

5 Comentários

Arquivado em cidade, dj, ecologia, Entretenimento, Música, Variedades

mixer audiovisual + technodelic + fim das sacolas plásticas no rio

A chuva e o frio são os principais destaques dessa semana no centro-sul do país e aqui em São Paulo a coisa começou na terça-feira cedo e vai se estender, dizem os meteorologistas, até domingo. Mas não tem frio certo e a gente precisa sair e tocar a vida. Ontem fiz isso, saí. Passei no Sonique pra ver uma demonstração de um mixer, fui pro Volt beber e rir com o staff amigo e  terminei com os animadinhos dus infernus no bar Dex.

Mixer Pioneer SVM-1000 entre CDJs

Mistura boa – Cheguei cedo ao Sonique para conhecer o novo mixer Pioneer SVM-1000, que mixa som e vídeo. O DJ Júnior C é o cara que destrinchou a nova mesa que tem como novidade uma tela 11” touchscreen de LCD no centro do aparelho. O DJ mostrou as possibilidades de fazer DJing e VJing ao mesmo tempo, mas me confessou que às vezes é difícil fazer as duas coisas ao mesmo tempo. Em alguns momentos o vídeo fica um pouco de lado para ele conseguir mixar as músicas, então deixa a parte visual ligada no automático passando efeitos visuais do próprio equipamento. Perguntei se poderia usar um laptop com Traktor ao invés de CDJs ou toca-discos, Junior C me respondeu que sim e que se pode dar mais atenção ao vídeo deixando o Traktor mixar automaticamente as músicas. Ele fez aquela cara torta pra essa possibilidade, afinal deixar a máquina mixar sem erro é coisa pra quem “ataca de DJ” (as aspas são minhas).

Esse mixer foi lançado em 2007 e exitem apenas dois no Brasil, um deles é o que o Junior C usa nas festas patrocinadas pela marca Bacardi, que começaram nova temporada ontem no Sonique. É claro que eu perguntei quanto custa o mixer! “Custa 24 mil reais aqui no Brasil, no exterior está na faixa de 7500 dólares”. O mixer tem quatro canais de áudio e vídeo, permite efeitos como fade, wipe, chroma-key, solarização e outros que há bastante tempo estão disponíveis nos equipamentos profissionais de pós-produção de TV e vídeo. O legal é que o mixer sincroniza as imagens com a batida da música, com o toque do dedo na tela pode-se criar alguns efeitos na imagem, e ainda dá pra conectar uma câmera e ir passando o video em tempo real com as várias possibiliades de efeitos. Aliás, dá pra tocar (vídeo e som) um DVD de um show mixando com uma música em CD ou vinil, por exemplo. Junior C disse que o bacana mesmo é criar vídeos – com ou sem áudio – e então criar um roteiro para um set. Gostei muito dessa ideia!

Apesar de estar no mercado há algum tempo, o mixer da Pioneer encontra dificuldades de se difundir porque os DJs/VJs precisam investir pesado no equipo e treinar bastante. Junior C disse que mesmo no exterior são poucos os clubes que dispõem desse mixer. Pra quem quiser saber muito mais sobre o SVM-1000 sugiro o texto no site da escola de produção musical DJ Ban.

kiriDJinhas – Meu passeio notúrnico continuou sob chuva fraca até o iluminado bar Volt. Ontem, estava meio vazio, mas sempre animado pelo staff querido. Bebi uma espécie de dry-martini, mas feito com vodca, uma pitada de bitter (aho que foi isso) e suco de aloe vera (ou babosa) com uma casquinha de limão siciliano dando um aroma. E está confirmado o line up do retorno da festa kiriDJinha ao Volt na QUARTA 21 DE JULHO: as garçonetes Celda e Tamara, o gerente Fábio, o barman Farelo e o ex-garçon da casa que animou muito nas primeiras kiriDJinhas Marcinho. Além de mim e do Atum, é claro. Vai ser babado! Misturinhas de estilos, conversinhas paralelas, DJs tocando no sofá… Vou levar meus vinis pra um set de new wave brasileira; rock Brasil 80, sabe? E teremos o drink da noite kiriDJinha que é uma delícia!!! A festa começa cedo, a partir das 21h.

Terminei a noitada descendo até o Dex bar onde o Atum estava tocando uma série de coisinhas gostosas pra dançar dos anos 80 aos 90 – pós-punk, acid house, disco… E o povo estava pra lá de animado! A porta foi baixada mas ninguém arredava pé.

Techno no Centro-Oeste – E pra quem estiver em Cuiabá nesse final de semana, recomendo o festival Technodelic, que rola no Espaço Lagoa das Conchas na Chapada dos Guimarães. Os shows acontecem hoje e amanhã e também rola live performance do grafiteiro paulista Jay Govinda. Hoje, dia 16/7, a atração principal é Zegon e seus scratchs e mixagens incríveis. Também tocam Rod Novaes, a dupla Rodrigo Faraz (DJ)  & Danilo Bareiro (guitarrista) e mais dois DJs escolhidos por internautas.

No sábado 17/7, tem DJs gringos no line up: o bigodón David Carretta, que está em mini-turnê pelo país, e a cantora-DJ Xenia Beliayeva. Soube pelo Gabriel Scardini Barros, da organização da Technodelic e cabeça do blog Factóide, que “a Xenia é muito bacana e ela já desenvolveu uma relação muito legal com o público daqui. Ano passado, ela se emocionou ao ouvir a galera cantando “Momentan”, e também foi eleita a melhor DJ estrangeira a tocar no estado (Mato Grosso) em 2009. Vamos entregar o prêmio para ela lá na festa.” E eu logo lembro da primeira e emocionante vez da Xenia no Brasil, quando cantou acompanhada pelo marido Oliver Huntemann nos toca-discos lá no D-Edge. E na Technodelic desse sábado também tocam os DJs Jay C, Titto, Biancardi e Fábio Serra e os live acts Attik e Faisão. Aliás, Carretta também tocará em formato live, o que vai ser bem bacana. Gostaria de estar por lá…

* * * * * * * *

Não às sacolas plásticas – E pra terminar esse post enorme na sexta à noite, mais uma boa notícia – hoje é primeiro dia aa lei que proíbe a distribuição de sacolas plásticas em supermercados no estado do Rio de Janeiro. Fiscais da Secretaria Estadual do Ambiente fluminense notificou apenas um estabelecimento na cidade do Rio hoje, mas os fiscais estavam apenas verificando como os supermercados estão se virando pra tirar de circulação as superpoluidoras sacolinhas plásticas. Sobre esse tema e a troca das sacolas de plástico descartáveis pelas chamadas “ecobags” você leu aqui no +1teko.

O UOL Notícias diz: “Aprovada em julho de 2009, a lei obriga os estabelecimentos comerciais de médio e grande porte do Estado a substituírem e recolherem sacolas plásticas, compostas por polietilenos, polipropilenos e outras substâncias altamente poluentes. Segundo a lei, o prazo para a substituição destas sacolas é de dois a três anos para microempresas e empresas de pequeno porte. Para as empresas de médio e grande porte, o prazo é de um ano.” Consumidores podem denunciar quem descumpre a lei pelo telefone (21) 2334-4604.

Mas é claro que os supermercadistas contra-atacaram e querem mais tempo para se adaptar à nova lei. O valor máximo da multa a quem desobecer é de mais de R$ 106.

Quando teremos uma lei assim em todo o Brasil? Troque as sacolas plásticas pela sua própria bolsa reutilizável! Isso sim é estar na moda, ser moderno e ecológico. Eu acho!

P.S.: vejo no Jornal Nacional que um projeto como este do Rio de Janeiro foi vetado em São Paulo pelo prefeito Gilberto Kassab!!! Um absurdo! Eu nem sabia que houve um projeto de lei como esse aqui na cidade!!!

Precisa mesmo sacola plástica se tem carrinho?

No lixão, as sacolas plásticas demoram mais 100 anos para se deteriorar

6 Comentários

Arquivado em bar, cidade, ecologia, show, sound system

iódice denim +1teko – a vencedora

Finalmente o nome da vencedora do concurso Iódice Denim / +1teko! Desculpem o atraso, mas estou em Santa Catarina e perdi o embalo no final de semana. Mas a vencedora é a Sarah Atum Seixas que conjugou muito bem moda, meio ambiente e responsabilidade social na frase que segue abaixo:

A Iódice Denim leva uma pessoa de atitude para o Amazonas.

Só existe uma verdade, a felicidade. Pessoas felizes adotam cachorrinhos e gatinhos, respeitam a mãe natureza e sabem se vestir bem! 🙂

Agora a produção da campanha vai entrar em contato com a Sarah e enviar o vale-jeans pra ela ir escolher uma calça numa loja Iódice. Espero que em breve tenhamos outras promos aqui no +1teko.

E quem quiser aproveitar o embalo e tentar a sorte mais uma vez com a Iódice Denim é só acessar a promoção da campanha Sua Verdade Pode Mudar o Mundo e concorrer a uma viagem pro Amazonas! Boa sorte!!!

Deixe um comentário

Arquivado em ecologia, Moda

manaus – uma ilha urbana na floresta

Rio Solimões, no estado do Amazonas. 2008

Em agosto de 2008 fui a Manaus trabalhar na campanha política e pude conferir as belezas e mazelas daquela capital-ilha cercada de floresta. A exuberância do Rio Negro e da Floresta Amazônica constrasta com aquela capital de 2milhões de habitantes, que como em boa parte do país sofrem com trânsito caótico, poluição, ocupação desorganizada, favelas, tráfico de drogas e tantos outros. O governo do Amazonas ao incentivar o turismo na região deveria aproveitar e [ter vergonha na casa!] fornecer água potável encanada para as periferias de Manaus. Fiquei assustado com o grande número de casas sem água encanada e tratada, se não me engano cerca de 30% da população!!! Isso que Manaus está à beira do maior rio do mundo!

Talvez essa verdade possa mudar o mundo amazônico pra melhor.

Mas uma das melhores coisas de Manaus é a gastronomia. Tem tapiocas pra todos os gostos, sorvetes deliociosos feitos com frutas da região (açaí, cajá, umbu, tapioca, cupuaçu…), diversos peixes saborosos e o democrático caboclinho – pão francês com queijo coalho e tucumã – servido quente ou frio!!!

Tucumã é esse 'coquinho' carnudo delicioso

Um endereço chic em Manaus, que confirmei com Alex Atala que disse adorar a comida e o lugar, é o Bistrô Ananã. O lugar fica perdido no centro histórico da cidade e é bom consultar o mapa ou pegar um táxi pra chegar lá. O restaurante moderninho tem um jardim grande com mesas e muitas árvores, e o salão está instalado numa construção mais moderna com janelas redondas. Comidinhas contemporâneas feitas com produtos da floresta!!! Comi um (ou seria uma?) voulevan de camarão com jambu – a erva que dá uma adormecida na boca – muito bom e também tem pratos com peixes como pirarucu e tucunaré, e uns pãezinhos com castanhas-do-pará… hummmmmmm

Bistrô Ananã, cozinha amazônica contemporânea

Também recomendo o restaurante Açaí & Cia (Rua Acre, 98 – Conj. Vieiralves) que é um ambiente rústico, todo aberto e com teto de palha. Tem muitas receitas deliciosas de peixes e frutos regionais. Sugiro o pirarucu de casaca, um dos pratos manauaras mais pedidos e conhecidos. No horário de pico das refeições o restaurante fica impossível e tem de ter certa paciência com o atendimento, mas vale muito a pena.

************

Por falar em Manaus e Amazônia, a Iódice Denim tá com uma promoção cultural bem bacana no site da campanha Sua Verdade Pode Mudar o Mundo. Vai lá ver! De repente você usa as dicas que dei acima!

E o +1teko e a Iódice Denim querem te dar uma calça jeans super transada! Para concorrer, responda no comentário desse post as seguintes perguntas:

1. Para onde a Iódice Denim levará uma pessoa de atitude?

2. Por que você acha que a sua verdade pode mudar o mundo?

A frase mais criativa e que tiver o destino correto, ganhará o jeans! Para conhecer o destino é só entrar no site da campanha Sua Verdade Pode Mudar o Mundo.

Sexta-feira 29/4 eu dou o resultado aqui. Boa sorte!

4 Comentários

Arquivado em ecologia, gastronomia, Moda

sacolas – plástico, papel, pano

Dores nas pernas, andei um bocado. Mas eu estava num empório de produtos naturais na rua Fradique Coutinho, em Pinheiros, e lá embrulham as compras em pacotes de papel. Uma fofa pediu pra colocar tudo – 3 embrulhos – em sacolas plásticas também porque seria mais fácil pra carregar os muitos pacotes e um laptop. Um desperdício só! Muito papel e muito plástico pra carregar umas comprinhas não poderia ser mais antiecológico.

Eu acho que quem vai naquele empório nem pensa assim – reciclagem e tals, penso isso porque os produtos vendidos ali são pra pessoas que querem e podem gastar bastante em produtos orgânicos e não-trangênicos – um saco de arroz integral orgânico custa por volta de 11 reais. Aqui nos mercadinhos da liberdade, o mesmo pacote de arroz custa em torno de 4/5 reais.

Ecologia é um grande negócio também! Em Berlim tem uma rede de mercados que só vende produtos orgânicos e tem um alemão que inventou a bebida Bionade – “the unique non-alcoholic refreshment drink” – e está milionário. A Coca-Cola está de olho no produto já que é vendido em diversos países europeus. No Brasil, a Coca-Cola comprou o Mate Leão e os sucos Del Vale., líderes em seu segmentos.

Não esqueça: leve sua sacola quando for às compras!!! Sacola de pano ou plástico ou papel que possa ser reutilizada. Isso está tão na moda!

5 Comentários

Arquivado em cidade, ecologia, gastronomia, mercado, Moda

utilidade pública

Minha amiga Fernanda Macedo dá uma ótima dica para as quintas-feiras paulistanas lá no blog dela, o Init Arte Visual. É o Ateliê Liege Monteiro que nas noites de quinta vira um bar charmoso ali na alameda Tietê, pertinho da rua Augusta. Para saber mais acesse o link acima no blog da Fernanda. Com essa chuvinha pode ser uma boa pedida pra hoje.

Reproduzo a seguir mensagem que recebi hoje por e-mail sobre reciclagem de pilhas, baterias e óleo de cozinha. Saudável seria não comer frituras, mas quem resiste? Já as pilhas temos de usá-las mesmo e não tem muito jeito. Então para se desfazer desse lixo é bom termos iniciativas de reciclagem como a dos supermercados Pão de Açúcar e do Banco Real. Existem muitos outros exemplos por aí e por aqui… Quem quiser entregar o lixo separado – papéis, metais, vidros e plásticos – pode levar em qualquer corpo de bombeiros de São Paulo porque lá tem lixeiras próprias pra isso. A ONG Trevo e a empresa McCain (das batatinhas fritas congeladas) estão com programa de reciclagem de óleo de cozinha, é só ligar no 0800-704-3236 que informam como fazer o descarte desse material.

Mãos à obra! 

 reciclaroleocozinha.jpg pilha.jpg

Descarte de pilhas, baterias e óleo de cozinha
As agências do Banco Real e as lojas do Pão de Açúcar estão  com programas de reciclagem.
As pilhas e baterias de celulares, câmeras  digitais, controle remoto, relógios etc. contêm materiais (cádmio, mercúrio, níquel, chumbo, etc.) que contaminam o solo e os lençóis freáticos, deixando-os impróprios para utilização e podendo provocar problemas à saúde, como danos para os rins, fígado e pulmões. Não esqueça: o papa-pilhas está disponível em todas as unidades do Banco  Real.
   
Também já temos onde levar o óleo de cozinha usado para reciclar! As lojas do Pão de Açúcar, que já reciclam outros tipos de lixo, como papel, vidro, plástico e metal, reciclarão também óleo de cozinha!
Você sabia que apenas 1 litro de óleo despejado no esgoto polui cerca de um milhão de litros de água ou o que uma pessoa consome em 14 anos de  vida? E ainda provoca a impermeabilização dos leitos e terrenos próximos, contribuindo para a ocorrência de enchentes.
Como fazer:
Depois que o  óleo usado esfriar, armazene em uma garrafa plástica daquelas de 2 litros, se possível transparente. Tampe bem a garrafa e deposite-a no coletor de lixo  de cor marrom da loja Pão de Açúcar, indicado para esta finalidade. 
Todo óleo de cozinha coletado será encaminhado pela cooperativa às empresas recicladoras, que o utilizarão como matéria-prima para a produção de  biocombustível.
Se o Pão de Açúcar mais perto de sua casa ainda não tem o coletor apropriado, ligue para o SAC da empresa – 0800-7732732 – ou acesse o site www.grupopaodeacucar.com.br/meioambiente e peça para que seja providenciado rapidamente.

2 Comentários

Arquivado em ecologia, sem categoria