Arquivo da tag: vitor angelo

kiriDJinha assopra a velinha

1 comentário

Arquivado em Sem categoria

vazio, o case que dá o que falar

imagem009
sabe que eu estive só uma vez na bienal, pra ver a performance do fischerspooner e logo senti que a favelização da bienal, que começou faz tempo, tá incrível agora! o terceiro andar parece mais vazio e pobre que o segundo que está efetivamente vazio. vazio porque querem. li depoimento do eli sudbrack, do grupo avaf que fechará a exposiçnao, dizendo que a curadoria deveria ter deixado as pichações e todas as manifestações das pessoas, não deveriam ter apagado. parece que só o mauricio ianez conseguiu mostrar (parte) da sua elogiada performance no tal segundo andar do vazio. depois teve gente que preferiu pedir permissão pra curadoria pra usar o espaço. o espontâneo não pode mesmo acontecer por lá. mas acho que manter a ‘memória’ que surgiu no vazio da bienal seria uma boa saída pra democratizar, digamos assim, o espaço elitista da tal alta arte, e ainda fazer uma bela leitura do que pensam e como agem as culturas urbanas dessa megacidade. seria até mesmo estar mais atento ao nosso tempo, o tal ‘contemporâneo’, onde a interação é sempre muito bem vista para educar, para vender, para divertir… enfim, o que eu vi e adorei lá foram os pichadores invadindo tudo, invadindo o quadrado dos artistas. presenciei a curadora (ou assistente) ana paula cohen dando de dedo na cara de um pichador. uma cena patética, mas enfim, aplaudi os pichadores e fui pro fischerspooner e não voltei mais lá. me deu um vazio e não voltei ainda ao ibirapuera.

depois li entrevista do cassey spooner na folha de s.paulo falando sobre o caos que foi vir à bienal. li também do ótimo trabalho do mauricio ianês. por fim acabo de ler uma crítica ácida do dênis rodriguez no blog dele bastante pertinente. ainda bem que não perdi meu tempo hoje indo até o ibirapuera pra ver a performance dos mexicanos los super elegantes. minha amiga silvia nem contou nada quando me ligou da bienal hoje à noite, mas o texto do dênis desmontou ainda mais minha vontade de voltar à bienal e rever tudo. afinal posso mudar de opinião. mas vou ver o avaf na semana que vem, e no blog do vitor ângelo tem um texto bom também sobre o avaf que deu respaldo pros aravanados e etc. etc.

as fotos eu fiz com celular na noite da pichação e do fischerpooner.

imagem014

imagem015

imagem010

1 comentário

Arquivado em artes plásticas

sefiní

Hora de mudar o post, néééé kiridjinha? A Viptor dus ****infernus me pediu pra tirar a morte do ar porque já fizeram até a autopsia do Ledger. Fedeu… Aaaiii… e a gente tava tão fofa naaaaa buati sábado, néééé Vip? Viu a fotinha da gente fazendo as soviéticas e brindando com vódega os seus quarentinhas?  kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

vip.jpgfoto: Fábio Tavares

Pior foi eu me empanturrar de sushi&sashimi no domingão e não poder ir à festa Zapping featuring Viptor Angelo CSS Remix. Fazer o quê? D-Edge na sexta, Bearland no sábado, Vegas no after… Mariiiia!

Nesse feriadão paulistano – que deverá ser chuvoso – tem umas sessões de cinema de graça na Escola São Paulo. São oito filmes beeeem legais que o Philippe Barcinski escolheu para passar das 11 da manhã às 5 da tarde de sexta 25. Eu nunca fui na tal Escola São Paulo que fica nos Jardins, mas pode ser uma boa oportunidade pra ver Noite Vazia. Aliás, os filmes, como você pode ler no e-flyer abaixo, retratam cidades grandiosas, cheias de meandros, problemas, belezas, falsos poderes, doenças, trânsito, correria, violência, vida… enfim, muita loucurinha!  Gostei da seleção cara-de-São-Paulo. É pra dizer feliz aniversário?

sexta1.jpg

6 Comentários

Arquivado em cinema, sem categoria

salve as baleias

hppy.jpg

Feliz aniversário, Vitor Ângelo Scippe! 40 é de lascar! mas logo estarei no mesmo nível que você.

E já que é aniversário desse meu amigo volumoso – de corpo, caráter e coração – transmito abaixo o horóscopo dele pra hoje, assim fica mais fácil saber como agir quando o encontrar mais tarde na festinha que tem as Cansei de Ser Sexy (CSS) como convidadas. Tudo se passará num puteiro…

signo de capricornio

C a p r i c ó r n i o

por Brigitte Van de Sande

22 de Dezembro
a 20 de Janeiro

Que 2008 seja para você uma boa iniciação neste processo de ampliação de seu mundo.

Plutão, o deus poderoso das forças ocultas ingressa em Capricórnio neste primeiro mês do ano.

É uma passagem que irá durar 16 anos de lentas transmutações se encerrando em 2024.

Isto se torna mais significativo em janeiro de 2008 devido a uma convergência de ocorrências planetárias todas em Capricórnio: Júpiter ainda em conjunção a Plutão recém ingressou este signo marcando seu tema do ano e a 1ª lua nova deste início de ano se concentra neste mesmo signo.

Sem dúvida para você este é um ano próprio para abrir as asas, cortar cordões umbilicais e procurar ampliar sua forma de lidar com o mundo e seus princípios pessoais.

Júpiter tempera sua personalidade com um renovado entusiasmo e apetite de vida (cuidado para não engordar).

A lua nova acontece no início de janeiro, no dia 08.

O tema de janeiro está muito focado sobre propostas e metas pessoais, desejos de mudança, uma vontade de se sentir mais livre também.
O mês está equilibrado entre tensões e pontos de harmonia.

A saúde ainda reclama a falta de disciplina ou de cuidados.
Há sinais de vulnerabilidade do organismo.

Outra área de tensão ao longo do mês atinge seu desempenho em estudos, comunicação e com transportes também.
A imagem se assemelha a um motor de carro fervendo em um interminável engarrafamento e o seu celular está sem sinal. Acho que caprichei no sadismo!

E você conseguirá superar a tudo com uma surpreendente tranqüilidade interior.

À medida que os dias evoluem você irá se sentindo mais forte e a vida fluindo melhor.
Os aspectos benéficos que dominam no céu de janeiro se fortalecem próximo à lua cheia do dia 22.

Esta é uma semana muito proveitosa para assuntos relacionados com documentos e ambientes acadêmicos.

Seu desempenho neste período traz bons resultados.

No amor: opa quanta nostalgia! Quantos sentimentos calados.

Janeiro se assemelha a um tempo de espera emocional, como se você precisasse se sentir mais disponível ou atravessar algum processo de definição pessoal.

A conjunção de Vênus a Plutão no dia 24 aponta um importante acontecimento para os assuntos do coração.

Profissão e vida material: Aproveite o mês para colocar a vida em dia.

Este é um bom período para encarar aquela sua lista de tarefas atrasadas.
Você está com boas perspectivas de ganhos despontando no horizonte.

Fique de antena ligada na última semana, pois pode surgir uma proposta interessante.

por Brigitte Van de Sande

6 Comentários

Arquivado em internet, sem categoria