Arquivo da tag: CSS

shaun

Esse disco do Cansei de Ser Sexy CSS que saiu agora é realmente muito bom e muito bem produzido. Donkey não tem nada de burro! Faz o download aqui de graça e confira! A turma do CSS tá se jogando em Londres, como alguns amigos que hora e outra mandam sinais de fumaça de Berlim, Bucareste, Londres, Barcelona… Tá todo mundo se divertindo e trabalhando e se jogando e…. Fico pensando na virada que o CSS deu na carreira, mas parece que tudo foi muito natural, bastou ter carisma. E ter talento! Tem de debochar pra conseguir continuar! SUXXXX! Nessa leva vão vários produtores e projetos musicais se misturando (ou mixando) com o mundo todo.

Conversei com o Lars, que me acolheu em sua casa em Berlim no ano passado, e ele me contava que operou o joelho e que vai alugar um novo espaço pro estúdio (foto, vídeo, animação…) que tem com amigos. E ele me convidou pra festa de inauguração daqui 2 meses!!!! Disse que tem uma área externa grande, e é tipo um galpão! E com certeza vai ter festão! ai, ai… E olha o vídeo maluco que ele me mandou…>>> A seguir tem como ver o vídeo do Shaun the Sheep no meu youtube uma só vez, ou…

… ou se jogar nesse link aqui em azul e ficar meditando com Shaun the Sheep…

Anúncios

1 comentário

Arquivado em sem categoria

arrival / departure

onstage.jpg

O avião B-52’s volta às pistas do planeta com o disco Funplex que sai dia 25 de março. Nada vazou na internet “grátis” a não ser os remixes feitos por Cansei de Ser Sexy (diga-se Adriano Cintra), Peaches e Scissor Sisters. E para minha surpresa, na quinta-feira passada já tinham agendado entrevita para mim com alguém do B-52’s, direto de Nova York. Cheguei atrasado no jantar do meu namorado por causa do ótimo papo com Kate Pierson (na foto). A íntegra (será que vai mesmo tudo?) da entrevista você confere na próxima DJ Mag Brasil que chega nas bancas pelo dia 15 ou 20 desse mês. Nessa semana resenharei o disco para o site www.rraurl.com. Aliás, Funplex é puro B-52’s, não tem novidades espantosas nem reviravoltas musicais. The world best party band is always the best party band. 

***************************************************************

Mudando o rumo para o mondo fashion, fiquei passado com a notícia dada por Ricardo Oliveros em seu blog Fora de Moda sobre a ascenção de Marcos Mion ao mundo da moda como diretor de criação da marca V-Rom. Ele não se contentou em ser sócio de Turco Loco e Ricardo Mansur, quis também virar estilista!

**************************************************************
Acabo de descobrir a tal dupla preferida dos CSS, Natalie Portman’s Shaved Head, que a Cami Yahn cita hoje em seu blog. Linkei no myspace dos caras e ri um pouco com a loucurinha das músicas. Low profile total! Lá no myspace a dupla se define assim: “Luke Smith and Shaun Libman always wanted to form an electronic band; the only problem was they couldn’t play any electronic instruments.”

3 Comentários

Arquivado em Música, Moda

terrine e tahine

Tetine não pára de aprontar. Hoje 3/3 recebi e-mail avisando do lançamento de mais um single em vinil da dupla brasileira. Como sempre, as músicas (e os vídeos) misturam electro, funk carioca, pós-punk, electronica, new wave e caras-e-bocas lascivas. Agora, Eliete Majorado e Bruno Verner avisam lá de Londres que acabam de tirar do forno o single “I go to the doctor”. O melhor do disco é o remix bem debochado do Cansei de Ser Sexy!!! ADOOOOOOOOOORO!!! Como cantam… A versão original estará no próximo álbum do Tetine, prometido para o começo de abril pelo selo inglês Soul Jazz Records. O título já está definido – Let Your X’s Be Y’s.

Recentemente a dupla mais o videomaker Rodrigo Garcia Dutra (do projeto Supergás) lançaram na internet o videoclipe da faixa “Let the X be X”. Esta é outra música que também faz parte do novo álbum. Se joga no myspace do Tetine para ouvir o remix do CSS.

6 Comentários

Arquivado em Música, vídeo

Maracatu atômico

013267675-ex00.jpg

A capa da última Dazed & Confused tem as cores e estrelas da bandeira brasileira. E Luíza Lovefoxxx é a estrela brazuca máxima na constelação do pop globalizado. Esse modelito maracatu está um luxo! Li no portal G1 entrevista com Adriano Cintra, o cabeça do Cansei de Ser Sexy ou CSS, sobre o segundo disco que sairá em breve. O nome por enquanto é Donkey e ele só está esperando Lovefoxxx vir de Londres pra gravar os vocais. A guitarrista Ira Trevisan também está de mudança para a capital inglesa, Adriano alugou um apartamento lá e o resto da banda também deve ficar baseado por lá para os shows do próximo verão europeu.

Leia a matéria com Adriano acessando o portal G1 aqui.

x-x-x-x–x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x–x-x-x-x-x-x-x-x-x–x-x-x-x-x-x-x-

Essa cadeira é um sonho de consumo, né? Bom, se você não pode comprar uma ao menos terá a oportunidade de saber mais sobre o casal americano Charles e Ray Eames, designers e arquitetos que a criaram por volta da década dos 1950. Minhas amigas Sílvia Hayashi e Laura Faerman são as curadoras da mostra de cinema Filmes de Charles e Ray Eames que estréia na quinta-feira 6 na Caixa Cultural Caixa Cultural de São Paulo (na Praça da Sé) e fica em cartaz até quarta-feira 12. O festival vai depois para o Rio de Janeiro, Brasília e Salvador.

O que as curadoras querem nos mostrar é a sensibilidade do casal Eames no cinema, faceta pouco conhecida. São 25 curtas-metragens divididos em: Filmes Científicos, Charles e Ray Eames, Filmes Históricos / Exposições, Design e Filmes Experimentais. Como não poderia ser diferente, após as sessões especialistas de diversas áreas farão esplanações e debates sobre desgin e cinema.

“Entre os vários enfoques escolhidos na seleção dos curtas, a qualidade técnica e linguagem sofisticada (e ao mesmo tempo simples) de filmes como Blacktop e Toccata for Toy Trains, o conceito abstrato das potências de 10 (Powers of Ten) ou a expansão do Império Romano vivificada num mapa que se expande e contrai (Atlas). Ainda na mostra, filmes produzidos para exposições (IBM Mathematics Peep Shows, Copernicus, The World of Franklin and Jefferson), e o documentário 901: After 45 Years of Working, que retrata a vida e a obra do casal por meio do registro de seu local de trabalho em Venice, Califórnia, e do fechamento do escritório após a morte de Ray em 1988.”

3 Comentários

Arquivado em cinema, design, Música