Arquivo da tag: mixhell

a cereja do festival planeta atlântida, em floripa

Boa notícia pra quem vem a Floripa e quer se jogar numa noitada eletrônica: o festival Planeta Atlântida terá pista bancada pela Pacha e com bons DJs (!). Anteontem noticiei o lineup mistureba do Planeta Atlântida aqui, mas ontem vi a notícia que a dupla MixHell vai se apresentar também. E na esteira dessa informação encontrei um lineup muito bom na tenda eletrônica do festival no sábado 15/1.

A partir das 18h tem muita nu-disco-house rolando com o duo Glocal, revelação de 2010 que lançou recentemente o single “Fancy romance” pelo selo berlinense Kassette, que você leu antes aqui. Lennox e Dani (Glocal) estarão na programação eletrônica do sábado 15/1, chamada Future Sound of Brasil (esses títulos em inglês…). Depois deles vem o trio Killer on the Dancefloor (19h), MixHell (20h), Aninha (21h), Junior C (22h), China (23h), Raul Boesel (0h30), The Twelves (2h), Murphy (3h30). Tá certo que essa sequência é meio maluca ao misturar gêneros eletrônicos distintos, mas é bem melhor que os shows programados pro palco principal.

Na sexta 14/1 também rola tenda eletrônica, Mixmag Party, no Planeta Atlântida. Mas daí o lineup não me interessou tanto: Sônica (17h), Chris Kessler (18h), Branko von Holleben (19h), Teclas (20h), Diego Moura (21h), Daniel Kunhen (22h) que fez um excelente warm up no primeiro dia de 2010 na festa com Michael Meyer no Warung, Dubshape (23h), o technohead Christian Smith (0h30) que há pouco lançou música pelo selo do clube paulistano Clash junto com Renato Cohen, Paulinho Boghosian (2h) e Mário Fischetti (3h30). Os três últimos são arroz-de-festa aqui em Santa Catarina, pra quem quiser saber.

Uma pena que bons DJs ficaram em horários muito cedo quando muita gente ainda estará na praia ou no engarrafamento tentando chegar no festival. Apesar de tudo, conseguiram reunir alguns bons DJs para o público que veraneia na capital catarinense. O blog do festival está aqui, mas não consegui encontrar o lineup completo que tem diversos palcos espalhados numa grande área em Canasvieiras, norte da Ilha.

1 comentário

Arquivado em Entretenimento, festival, Música

mixhell; “mixhell”; 3plus / st2

Texto publicado originalmente na revista Mixmag n˚5 que está nas bancas.

A mistura bombada entre céu e inferno

O trio MixHell chega com seu primeiro álbum. Não é bem um álbum, mas uma compilação mixada que vem com seis faixas do grupo ou remixes delas e outras tantas de expoentes da linha maximal/mash-up e adjacências. Entre os enfileirados nesse disco potente (saído do inferno?) estão amigos queridos do casal Iggor Cavalera e Laima Leyton, como Crookers, Brodinski, Houratron, Diplo, Boys Noize e NASA. Mas… ficou na dúvida sobre a palavra “trio”? Pois é, quem dá as caras são Iggor e Laima e na sala de justiça fica o produtor Max Blum, famoso por inúmeras trilhas de desfiles de moda. É ele o cara que aperta os botões e dá o acabamento. Aliás, a trinca se prepara agora para remixar uma faixa do Prodigy, a convite de Liam Howllet. E em abril colhem os louros por um remix encomendado por Moby, que deve chamá-los para abrir algum dos shows da turnê ‘Wait For Me’ que passa por aqui em abril.

MixHell, o disco – ‘Intro’ dá o toque funk carioca-samba do crioulo doido, mas o disco corre pro techno rápido com vontade de ser trance. O liquidificador maximalista despedaça tudo – techno, electro, rock, efeitos, trance, funk carioca, Miami bass… – e reaglutina numa vitamina forte, pesada e rápida. O sabor brazuca é o berimbau sambando no remix de Brodinski para ‘Highly Explicit’. Aliás, esse é o melhor dos três remixes dessa faixa presentes no disco. O mix energético fica mais palatável e deep no meio do caminho com ‘Boom Da’ (MixHell) e pela inédita e grandiosa ‘What Up Yall!’ (Crookers); retorna ao funk-max-house já na faixa ‘Joga Bola’ do gringo Solo (ou The Drunk Solo) com letras em português num misto de samba e funk carioca. E a viagem vai em hi-nrg, com muita quebradeira, synths absurdos, cuts, muita percussão, mais vocais em português – “bate com a bunda no chão e vai!” – até dar uma baixada na poeira. Na parte final, o CD só se salva pela última faixa, um remix classudo do MixHell pra ‘Beyond God and Elvis’ do From Monuments to Masses – grave, elegante e cheirando a pós-punk.
* * * *

Laima e Iggor; Max nunca aparece, né?

1 comentário

Arquivado em lançamento, Música

seth troxler -> entrevista exclusiva + cd mixhell + kiriDJinha

Seth Troxler dá uma passada no D-Edge. Foto: Fábio Tavares

Seth Troxler passou uma semana no Brasil, foi a primeira visita do americano ao país. Na sexta-feira (19/2) ele aterrissou em São Paulo para apresentação no club Hot Hot. O set dele teve muitos bons momentos e alguns com pouco punchy, mas conseguiu levantar a pista cheia com uma mistura de tech house e minimal techno basicamente. Seth respondeu algumas perguntas, que seguem abaixo, e antes de tocar no Hot Hot e depois no táxi indo pro D-Edge ele se mostrou um cara muito engraçado e aberto, e surpreso com a qualidade dos clubs paulistanos.

Seth Troxler deixou Chicago e está vivendo em Berlim, a seguir ele fala da mudança e um pouco mais.

+1teko -Por que é tão importante hoje em dia cruzar o Atlântico e estar em Berlim?
Seth Troxler – É sempre importante trazer e levar idéias, é assim que cena global é criada. Todo o mundo está em Berlim, mas a cena de Berlim não é o que era. E de certa maneira eu acho que Londres é o novo lugar. É tudo mais fresco, há muitos novos produtores realmente entusiasmados e que sabem muito sobre dance music, e realmente querem fazer algo cool. O tempo em que os caras de Berlim eram jovens e entusiasmaram ao fazer algo novo está um pouco no passado, hoje eles têm carreiras consagradas, e existe mais de um centro [musical] agora.

+1teko – Você acha que a sua música (DJ set e produções) estaria diferente se você estivesse nos EUA ainda?
Seth Troxler – Acho que a música que você faz ou toca depende de onde você é e está. Toco diferente em cada cidade, e a música que eu faço vem de minha disposição e experiências. Se estivesse vivendo aqui [no Brasil] minha música seria diferente também.

+1teko – Onde você vai pegar novas referências para a sua vida? Que pistas pretende seguir?
Seth Troxler – Acabo de me enamorar um pouco, então essa é uma pista que estou tentando seguir.

Vale a pena lembrar que foi lançado hoje (22/2) o CD Boogybytes Vol.5 mixado por Seth Troxler para o selo BPitch Control. Troxler costuma lançar pelos ótimos selos Ghosthly International, Wagon Repair e Crosstown Rebels. Você pode encontrá-lo no Myspace ou mais facilmente no FaceBook.

Seth Troxler no Hot Hot. Foto: Lucas Satti.

* * *

Iggor Cavalera e Laima Leyton em ação no bar secreto

Antes de me jogar no Hot Hot, que estava bem cheio, passei no bar secreto para conferir o lançamento do primeiro CD do MixHell. Laima, Iggor e Max Blum estavam lá recebendo os amigos e Laima me contou que estava superfeliz porque Liam Howlett, cérebro produtor do Prodigy, havia enviado algumas tracks pra eles escolherem e remixarem. Tá bom, né? Mas antes disso a dupla, que na verdade é trio, remixou uma faixa do Moby, com quem Iggor vem conversando para o MixHell abrir algum show da turnê do americano que passa pelo Brasil em abril. O CD do MixHell é uma compilação mixada de faixas inéditas e outras mais antigas que a dupla vem tocando com sucesso pelo mundo. Afinal, li na DJ Mag brazuca, edição de dezembro 2009,  que eles ficaram apenas 20 dias em casa aqui no Brasil, o restante foi só viagem. As músicas do disco passeiam pelos sons altos do maximal com levadas de berimbau, samba e outras sonoridades. Tudo muito bem produzido pelo Max, que é o cara que dá o toque especial nas produções do MixHell. Iggor disse que cada vez mais vem colocando a bateria acústica nas novas produções e que no final do ano devem lançar um álbum só com faixas novas. Já estamos esperando. Pra saber mais sobre o CD do MixHell aguarde a Mixmag que sai dia 15 de março.

* * *

Amanhã (23/2) tem festinha nova que eu e Atum inventamos de fazer no bar Volt, como vocês podem perceber pelo flyer acima. kiriDJinha é uma gozação que todo mundo fala pros amigos e amigas, uma bichice qualquer, mas um afago não um xoxo. Quer dizer, pode até virar xoxo… Mas não é o caso, tanto que convidamos o não menos famoso DJ Mau Mau, kiridjinha nossa de longa data, pra inaugurar a festinha. Na verdade as festas no Volt são um esquenta, uma happy hour que começa às 21h (o bar abre às 20h) para amigas/os kiridjinhas se colocarem nos drinks e partir pra outros lugares mais tarde. A ideia musical dessa festa – uma coisa bem difícil de inventar atualmente porque parece que já fizeram de tudo nesse mundinho noturno – é colocar o DJ convidado para tocar coisas do tipo que ele canta no banheiro, ouve no i-pod ou no rádio. Estou louco pra saber o que Mau Mau vai levar no case! Vamos tocar com discos de vinil!

O drink da noite é Red Razz (Bacardi razz, suco de limão, framboesa e suco de cramberry) a R$13. Não paga nada pra entrar no Volt e a festa deve acabar por volta da 1h/1h30. A próxima kiriDJinha a levar suas preciosidades é Renato Cohen, mas ainda não tenho a data fechada.

2 Comentários

Arquivado em club, lançamento, Música

seth troxler por aqui

O Carnaval terminou e a agitação continua a toda na paulicéia desvairada (eita, essa tirei do baú). Amanhã (sexta 19/2) tem apresentação imperdível de Seth Troxler no Hot Hot. É a primeira vez que ele vem ao país e logo mais publico entrevista exclusiva aqui no blog. Troxler ficou entre os 10 DJs mais votados como melhor de 2009 no site Resident Advisor e faz parte da turma americana que se mudou pra Berlim. No dia 8 de março sai a compilação que ele fez pro BPitch Control, Boogybytes Vol. 5.

Mas antes de vazar pro Hot Hot vou conferir o lançamento do primeiro disco compilação da dupla MixHell, no bar secreto. Ainda não tenho detalhes nem ouvi o disco, mas disseram que já me enviaram…

1 comentário

Arquivado em club, lançamento, Música

back

Depois de mais de 50 dias em Manaus e uma semana em Floripa, começo a fincar os pés novamente em São Paulo. Hoje fiz uma entrevistinha rápida com Iggor Cavalera pelo msn e tem umas coisinhas legais do Mixhell pra rolar no fim do ano. A conversa ficou boa e segue abaixo.

*GOKA(l) LAIMA!… MIXHELL HOME! says: (11:13:30)
CARACA…. MUITA COISA ROLANDO…. ESTAMOS INDO PRA EUROPA ….COMECAMOS NO HALLOWEEN EM VENEZA ATE O NATAL DO SOULWAX
*GOKA(l) LAIMA!… MIXHELL HOME! says: (11:14:21)
SOULWAXMAS
*GOKA(l) LAIMA!… MIXHELL HOME! says: (11:14:40)
ESTAMOS REMIXANDO HUORATRON, DA NEW JUDAS DA FINLANDIA
*GOKA(l) LAIMA!… MIXHELL HOME! says: (11:15:14)
NOSSO EP HIGHLY EXPLICIT SAI PELA BOYZNOISE RECORDS COM REMIXES DO BRODINSKY E HUORATRON
*GOKA(l) LAIMA!… MIXHELL HOME! says: (11:16:30)
ESTAMOS FECHANDO A DATA MAS JA ESTA PRONTO
IVIBRASIL says: (11:16:37)
deve sair nesse fim de ano?
*GOKA(l) LAIMA!… MIXHELL HOME! says: (11:16:50)
COMECO DO PROXIMO ANO
IVIBRASIL says: (11:17:37)
o ep (ou single?) tem REMIXES DO BRODINSKY E HUORATRON?
*GOKA(l) LAIMA!… MIXHELL HOME! says: (11:18:13)
ISSO ……. EH UM E.P.
IVIBRASIL says: (11:18:33)
com qtas faixas?
*GOKA(l) LAIMA!… MIXHELL HOME! says: (11:18:52)
TEM 3 FAIXAS E O ARTWORK VAI SER DA SURFACE TOAIR. E O PROXIMO LANCAMENTO DA FABRIC LIVE VAI TER UM SOM NOSSO MIXADO PELO SINDEN
IVIBRASIL says: (11:20:29)
e tu e a Laima ficam novembro e dezembro correndo a europa?
*GOKA(l) LAIMA!… MIXHELL HOME! says: (11:20:45)
ISSO FAZENDO MUITOS SHOWS
IVIBRASIL says: (11:20:58)
natal com soulwax… onde?
*GOKA(l) LAIMA!… MIXHELL HOME! says: (11:21:15)
GENT , PARIS E ROTERDAM
*GOKA(l) LAIMA!… MIXHELL HOME! says: (11:21:40)
VAMOS TAMBEM GRAVAR COM O SOULWAX E CROOKERS NO STUDIO DO SOULWAX
IVIBRASIL says: (11:21:57)
na belgica?
*GOKA(l) LAIMA!… MIXHELL HOME! says: (11:22:00)
ISSO
IVIBRASIL says: (11:23:01)
vc e a laima não vão lançar alguma coisa por aqui antes de viajar?… acho que li algo a respeito…
*GOKA(l) LAIMA!… MIXHELL HOME! says: (11:25:30)
NAO
*GOKA(l) LAIMA!… MIXHELL HOME! says: (11:25:45)
VAMOS FAZER ANO Q VEM UMA INSTALACAO SONORA PRO MAM
IVIBRASIL says: (11:26:13)
olhaaaa
*GOKA(l) LAIMA!… MIXHELL HOME! says: (11:26:28)
VAI FICAR LA 6 MESES
IVIBRASIL says: (11:26:38)
qdo vai rolar isso?>
*GOKA(l) LAIMA!… MIXHELL HOME! says: (11:27:01)
COMECO DO ANO Q VEM QUANDO VOLTARMOS DA EURO
IVIBRASIL says: (11:29:07)
lá pra fevereiro então…
*GOKA(l) LAIMA!… MIXHELL HOME! says: (11:29:12)
ISSO

2 Comentários

Arquivado em club, Música