Arquivo da tag: rio

dj hell in rio; entrevista exclusiva!

Outdoor do DJ Hell

Desde o Natal que DJ Hell está em contato comigo, parecia excitado por estar retornarndo ao Brasil. O tempo passou, ele tocou numa festa em Bologna, Itália, na passagem de ano e nesse exato momento está se esbaldando nas praias cariocas. Como buon vivant, Hell está entusiasmado com as festas e a semana de moda que agitam o Rio a partir de hoje. [Atenção promoters, ele está louco pra tocar no Rio!] Em Sã Paulo, até o momento Hell está negociando uma data – terça 12 ou sexta 15 –  com o D-Edge, mas ainda não tenho confirmação. Provavelmente ele pegará o começo da SP Fashion Week ainda. Aliás, Hell está sempre ligado nessa vibe fashion-celebrety, como vocês devem lembrar da época do elecroclash quando ele e Miss Kittin borbulhavam em champanhe e poses.

Flashes e holofotes não miram DJ Hell como naqueles tempos, mas ele tenta se reinventar. Você leu aqui no +1teko que ele lançou o álbum duplo Teufelswerk (“trabalho do diabo”, em português) e duas das faixas – e seus remixes – se destacam: ‘The DJ’ com P.Diddy nos vocais e ‘U Can Dance’ cantada por Brian Ferry. Sobre o disco, as músicas, desfiles de moda e o que anda rolando de legal pelos lados do Gigolo Records foi o que rolou na entrevista que fiz com DJ Hell por e-mail ontem. Ele revelou ainda estar preparando a compilação Body Language 9 para o selo Get Physical e disse que vou ficar passado com o projeto Oliver Ton Disco Queen, de Bologna. Pois é, eles tocaram juntos na festa de ano novo por lá.

+1teko – O que você anda fazendo depois de lançar seu último álbum Teufelswerk? (remixes, shows, tour, business, gastando dinheiro…?)
Hell – Boa pergunta. Estou ainda promovendo os singles do álbum com Puff Daddy com vários de remixes feitos por alguns dos maiores remixadores do planeta – Radio Slave, Jay Haze,  Deetron… Parece ser o momento alto deste álbum porque em duas semanas eu apresentarei o novo single com Brian Ferry chamado ‘U Can Dance’, com dois remixes de Carl Craig. Fizemos um vídeo em Londres, em agosto, e agora eu não posso esperar para ver a reação das pessoas sobre essa grande parceria. Também estou em turnê pelo mundo e preparando trilhas para os desfiles de moda em Berlim, Paris e Copenhague. Vou fazer muitas músicas para a passarelas. Em março sairá o novo Body Language [Vol. 9] do selo Get Physical mixado por mim, estou feliz por eles me chamarem para fazê-lo.

+1teko – O que está rolando de novidades no Gigolo? Quem são as estrelas atuais?
Hell – Estamos lançando muitas coisas em todas as direções, mas house e techno ainda são o principal foco. Dá uma olhada no novo single de Oliver Ton com um remix lindo de Toni Lioni ou o novo álbum dos Spychonauts. Tem o CD compilação triplo e não mixado Gigolo 12 que vem com 27 maximal club hits inéditos e muitos novos talentos como Skwerl, Lenior & Meriton, Diskokaine, Makossa & Megablast e mais outras coisas.

Oliver, vocalista dos Hard Ton Disco Queen

+1teko – Você está no Brasil de férias ou a negócio?
Hell – Como sempre, negócios e prazer.

+1teko – Você gosta de vir ao Brasil, quase todos os anos está aqui para ir à praias no Nordeste e se jogar no Rio e São Paulo. O que te pega no Brasil?
Hell – Já sou meio brasileiro e eu já tô pensando em viver aqui por 6 meses e 6 meses na Europa. Meus planos já estão em curso para 2014, quando a Copa do Mundo da FIFA vai mudar o país. E estou muito feliz que o Brasil também terá os jogos olímpicos em 2016.

+1teko – Como você trabalhou com P. Diddy e Bryan Ferry? Foram colaborações on-line ou não? Os resultados são muito bons e as faixas têm muitos remixes, você pretende chamar outras estrelas como eles para trabalhar no futuro?
Hell – Encontrei e me reuni com os dois, que são grandes pessoas e grandes artistas. Eu só posso aprender com os mestres e assisti-los. Espero que haja mais colaborações no futuro.

+1teko – Você e Felix da Housecat terminaram a confusão sobre plágio (Felix acusava Hell) da faixa ‘The DJ’ com P. Diddy? O que aconteceu no final?
Hell – O que aconteceu – no final há um silêncio e eu agradeço a ele por promover o meu single. Essa movimentação dele é frustração e todo mundo agora sabe dos seus problemas. Não quero chegar ao lado pessoal, mas como você pode imaginar nós não somos mais os melhores caras do mundo e ele também tem problemas com outras pessoas. A questão, no final dessa energia desperdiçada, será: onde está a versão de Felix desta canção? E a resposta será –  nunca houve essa versão.

Capa do single "The DJ", de DJ Hell e P. Diddy

+1teko – Todo mundo sabe sobre a sua grande coleção de discos de vinil. Você tem tocado com eles ainda ou mudou para digital? Por quê?
Hell – Uso CDR e vinil ainda, mas em 2010 é hora de entrar no novo mundo do djing. Também trabalho em um novo DJ set ao vivo para 2010.

+1teko – O que podemos esperar da Gigolo e você em 2010?
Hell – Boa música – minimal beats and maximal attention.

***

Atualizado!!!

Hora de voar do computador e aproveitar as festas do fim de semana. Se Kasper Bjorke ou Michael Mayer me falarem algo beeeeemmm interessante eu retorno aqui no final de semana. Hoje 8/1 niver do Mau Mau no Hot Hot, amanhã 9/1 niver do Mau Mau no Clash.

***

Cacá me lembrou de procurar o vídeo de ‘U Can Dance”! Aí vai!

7 Comentários

Arquivado em Música

como é caro chegar nos aeroportos de são paulo

expresso_aeroporto
Expresso Aeroporto: quando?

Já diziam que a saída do Brasil era o aeroporto. Quem dera fosse tão fácil escapar deste país… Não bastasse a tarifa de 30 reais para ir de ônibus executivo até o aeroporto internacional de São Paulo, é bem difícil encontrar informação atualizada sobre o serviço feito por apenas uma companhia. A tal empresa que presta o serviço de transporte para Guarulhos é a Pássaro Marrom com a linha Airport Service Bus, que deve atender nos números SAC 3775-3861 e outras informações 2221-5564. Uma busca no goggle só dá mais dor de cabeça porque os sites encontrados são confusos e têm informações contraditórias de preços de tarifas e horários.

Lá em Guarulhos tem uma placa avisando que futuramente ali será uma estação de trem que ligará o aeroporto ao centro da cidade, como na imagem acima. Só promessa até agora. Quem optar ir de táxi vai desembolsar entre 80 e 100 reais e quem for de carro próprio vai ter de se incomodar com o trânsito da Marginal Pinheiros, gastar uns 30 reais de gasolina e mais uns 15 reais de estacionamento se quiser se despedir do ente querido.

Em pior situação está o aeroporto de Congonhas. Não existem ônibus ou trens ou metrôs que levem os passageiros até o referido aeroporto. Ou paga-se um táxi ou pega-se um ônibus de linha – que dá mil voltas e demora mais de uma hora entre a Avenida Paulista e Congonhas – ou vai de carro e sofre no trânsito e obviamente gasta com gasolina e estacionamento. Uma saída é ir de metrô até a estação Conceição e pegar um táxi por uns 20 reais.

Enquanto isso no Rio de Janeiro… tem o ônibus “frescão” ligando os aeroportos e a rodoviária a vários pontos da cidade. E a tarifa não passa de cinco reais!!!

São Paulo é mesmo uma cidade feita para carros, para gastar bastante gasolina e poluir bastante o ar. Um trem ou veículo semelhante já poderia estar fazendo essa linha entre centro e Congonhas e mesmo até Guarulhos. Pensam no aeroporto mas não pensam numa forma rápida e barata de alcançá-lo. Agora querem projetar mais um aeroporto pra São Paulo, e então espero que antes de mais nada pensem em transporte público para chegar até ele. Aliás, transporte público em São Paulo é uma calamidade, com raras exceções como o metrô e os corredores de ônibus.

E tenham todos uma boa viagem.

7 Comentários

Arquivado em sem categoria

rock in rio again

Amanhã volto ao Rio para acompanhar o DJ Niko Schwind, que se apresenta no sábado 28 no Dama de Ferro. O carnaval off do Rio ainda tem mais esse final de semana. Se joga!

image

Deixe um comentário

Arquivado em club

louis vuitton 2009 com madonna

Acabo de receber a newsletter do site carioca Bitsmag da querida Beth Ferreira. E ela tá bombando com notas quentes, como esta sobre a Madonna que tomei a liberdade de copiar e postar aqui no +1teko. Quase chegando ao Brasil, a loira já posou para a campanha 2009 da Louis Vuitton!!! E pra fechar essa história de Rio, já confirmei que vou passar o reveillon lá. Dia 27 estarei no Dama de Ferro acompanhando Atum e Spavieri na festinha Neue, no último sábado do ano.

madonnalouisvuitton11
“E foi pelas mãos de Steven Meisel, o fotógrafo que fez as imagens do histórico livro Sex, que clicou Madge para a próxima campanha da Louis Vuitton. As fotos, inéditas, você pode ver aqui no Bitsmag, conseguidas em extensa pesquisa na blogosfera. As fotos da campanha, seis ao todo, serão vistas somente a partir de fevereiro de 2009. Meisel fotografou Madonna no clássico e icônico Café Figaro de Los Angeles. O cachê da musa cinqüentona, dizem, ficou em torno de 10 milhões de dólares mas a Vuitton não confirma.”

3 Comentários

Arquivado em cidade, club, Música, Moda