Arquivo da tag: we love

we love; we love; bpitch control

Texto publicado originalmente na revista Mixmag n˚ 6. O álbum sai no começo de outubro.

We Love: design e afeto

O amor está no ar

Dupla italiana We Love estreia com performance audiovisual e canções raras

Sopra da Itália a próxima aposta musical do selo berlinense BPitch Control. A novidade vem embalada com roupas futuristas, máscaras, vídeos, atitude e música extra cool, bem ao gosto de Ellen Allien, a dona da gravadora. Será que você já se deparou com o nome We Love? Atualmente, a dupla é febre na Europa e excursiona pelos principais festivais – quem se arrisca a trazê-la ainda fresca ao país?We Love é Piero Fragola e Giorgia Angiuli, italianos baseados em Florença que criam belíssimas canções. Cada vez mais a  eletrônica, o rock, o pop e a dance em geral se aproximam, reformulando nossa audição (again and again and again). Parece que o purismo vai cedendo, e assim alargam-se as intersecções musicais e artísticas. É exatamento o que We Love quer e faz neste primeiro álbum e nos shows performáticos que incluem teclados desenhados por eles e projeções de vídeo.
“Give me the sounds of your skin”, cantam Giorgia e Piero  na bela, singela e profunda canção ‘Ice Lips’, com base pós-punk (vide The Cure, Durutti Column, Felt). A leveza percorre todo o álbum, sempre com ótima marcação na base e linhas de synths voando aqui e ali. Às vezes nos perdemos e lembramos de Goldfrapp, Lali Puna e Massive Attack, noutro momento nos aproximamos de trabalhos recentes da madrinha Ellen Allien, que privilegiam a voz em experimentos sonoros. ‘Even If’, ‘Don’t Cross’ e ‘Underwater’ são bons exemplos desse nu-dark, se me permitem. ‘Hide Me’ tem uma pegada única e sincopada, um mantra com ar de electro/techno. Blips, sininhos, bumbo pesado, synth melódico, vocoder e parece que Björk está na excelente e grandiosa ‘No Train No Plane’. O timbre pop assume a partir daqui com as dançantes ‘Our Shapes’, ‘Escape Destination’ e ‘White March’. Um disco empolgante! E nos shows? “No palco, somos como dois soldados do amor: dois rostos atrás de um visor, dois corpos atrás de uma armadura preto e branco”, conta a dupla. Ivi Brasil

* * * * *

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em lançamento, Música

mamma mia! i love we love

O selo alemão BPitch Control mandou ontem newsletter sobre seu novo lançamento. A dupla italiana We Love é bem mais que um “projeto” de ótima música dançante. Giorgia Angiuli e Piero Fragola gostam mesmo é de uma boa performance na cabine de som. Vestem roupas ‘performáticas’, projetam vídeos e ainda sobra tempo pra tocarem instrumentos absurdinhos e máquinas analógicas e digitais. As batidas combinam disco 80’s e eletrônica (electro, minimal e tech house), o mesmo tom minimalista dos artistas do BPitch Control (de Ellen Allien), mas os dois italianos vestem o techno berlinense com adornos musicais – lances de ítalo e disco – de sua terra natal. A fusão é tão saborosa quanto uma macarronada da mamma.

O primeiro álbum, que também se chamará ‘We Love’, sairá na segunda semana de outubro – daqui quase quatro meses! Vou dar uma procurada se já rola algum link pirata pro álbum, mas a gravadora mandou um medley – faz tempo que não vejo essa palavra! – com trechos das dez faixas do disco que dá pra ouvir nesse link aqui. ‘We Love’ tem como tema visões e viagens – “when the window of a train takes you somewhere”, explica o duo italiano. O start da produção do disco aconteceu quando encontraram por acaso o produtor musical e remixer Marco Palazzo (aka Keith) numa estação ferroviária e logo fizeram a primeira faixa, ‘Escape Destination’. As outras nove faixas seguiram os trilhos dessa inspiração.

We Love nasceu no meio do ano passado, quando Georgia e Piero gravaram um CD para ouvir durante uma viagem. Ela escreveu no disco ‘WE’ com caneta de tinta branca; logo depois ele rabiscou ‘LOVE’ com tinta preta. A dupla nascia aí, em preto e branco, e tendo o amor como guia para suas incursões musicais. Bem antes disso tudo, Giorgia andava envolvida com moda, no projeto Metúo com a francesa Amelie Labarthe. Mas bem antes disso, na adolescência, Giorgia tocava guitarra clássica até ganhar uma elétrica e passar a tocar hardocre e black metal. Piero é designer, VJ e professor universitário, trabalhou com músicos, grupos teatrais e diretores de cinema. Ele descobriu a música eletrônica através da cult band inglesa pós-industrial Coil. E diz que a Giogia deu como presente de aniversário o disco ‘Berlinette’, da Ellen Allien, para uns amigos faz algum tempo. “Senti um lance revolucionário nele, e então comprei meu primeiro sound card e um laptop novo. Descobri e ainda estou descobrindo o charme incrível da música eletrônica”, conta a ragazza inspirada em sua atual chefinha Ellen Allien. Aliás, o último disco de Ellen, ‘Dust’, que você leu e ouviu aqui, tem tudo a ver com o som de We Love.

Nos shows, a dupla We Love veste roupas e máscaras boladas por eles mesmos e usa uma velha guitarra em forma de coração, uma drum machine, dois teclados e um controlador midi (cujo design foi elaborado por eles mesmos e patrocinado pela marca italiana de roupas e mobiliários I&S). Piero e Giorgia também projetam imagens em preto e branco num telão e cantam. O objetivo é explorar as relações entre as diversas formas de expressão estética, como som, arte visual, moda e design.

No link a seguir tem vídeo do We Love tocando ao vivo em Barcelona > We Love live

capa we love

ARTIST: WE LOVE
TITLE: WE LOVE
RELEASE GER: 10.09.2010
RELEASE WORLD: 13.09.2010
FORMAT: CD / Digital
CAT NR.: BPC225CD
EAN CD: 880319480522
LC: 11753

01. Ice Lips
02. Don’t Cross
03. Cruise Control
04. Hide Me
05. Even If
06. Underwater
07. No Train No Plane
08. Our Shapes
09. Escape Destination
10. White March

P.S.: Assim que acabar o upload de um mini set do We Love eu coloco aqui!!!

Deixe um comentário

Arquivado em lançamento, Música, Moda, sem categoria