Arquivo da tag: pil marques

anti-social inaugura hoje no baixo augusta + outras festinhas

Inaugura hoje o clube Anti-Social, no Baixo Augusta. Noutro dia falei do clubinho aqui e aqui. Dessa vez o novo clubinho abre mesmo e tem programação confirmada de quinta a sábado. Na noite de hoje rola a festa Chaos dos DJs Henrique Zombie e Fernanda Martini, que tem como convidada a banda Dirty Deeds que faz covers do AC/DC.

Na sexta vai acontecer a festa Heat the Beat da promoter Vanessa Cris e que tem como residente de luxo Renato Cohen. A Vanessa me disse que o projeto deverá ser mensal, mas o clube não informa no site outros projetos pras sextas-feiras.

E aos sábados, chamados Red Light District, haverá revezamento de festas durante o mês. Pra começar, no próximo sábado tem festa sem nome (?) com os after hour-DJs Oscar Bueno (Paradise) e Pil Marques (Hell’s) e ainda o espanhol Dokser e o projeto 13th Floor. A festa não é after, tá?

A novidade mais quente do Anti-Social é o (eterno) retorno do after hours Hell’s Club. Pil Marques já nos havia confirmado a ida pro novo clube. Pil e Mau Mau voltam a atacar nas manhãs de domingo.

E o site do Anti-Social informa que os projetos Confusion e Blow Up também terão residência na casa. Confusion é uma noite de nu jazz, funk, break beat e down tempo que vai acontecer numa segunda-feira mensal. A festa é comandado pelo coletivo Matramba de arte e design. O projeto Confusion é na verdade um programa de rádio/tv online que vai ao ar toda segunda, das 21h às 23h. No comando estão Gallardo e Alberto Roberto com seus convidados tocando afrobeat, jazz, funk, soul, blues, ska… A festa Blow Up, sem data confirmada, é encabeçada pelo DJ Rodrigo Moretti e vai na linha musical da eletrônica – house, electro, techno.

* * * * * * *

Hoje é dia de kiriDJinha no bar Volt com DJ Atum recebendo Luca Lauri e Daniel Peixoto (ex-Montage). Os DJs sentam no sofá a tocam sets especiais com músicas que adoram e não tocam nos clubes. Em esquema happy hour, a kiriDJinha vai das 21h às 2h30 e a casa cobra consumo mínimo de R$15.

Em março a kiriDJinha completa 1 ano de vida!!!

Hoje também tem a balada dupla Black Jack & Chemistry no Lab Club. Tanto o Anti-Social, o Volt e o Lab ficam na região do Baixo Augusta! Entre os muitos DJs da noite de hoje no Lab: Spavieri, Ney Faustini, Mark Rocha e Hero Zero. A promoter é a descolex Nega Jaca.

* * * * * * *

Amanhã comento os destaques do Carnaval em São Paulo, Rio e Floripa, e também sobre a festa Menos, novo hype carioca nos arcos da Lapa que tem no comando a barwoman Sandra Mendes. Até amanhã!

 

2 Comentários

Arquivado em bar, club, Entretenimento, festa

don’t forget your sunglasses

Era 1994, depois de passar três meses rodando a Europa, de Portugal à Grécia, não consegui mais suportar o clima provinciano da minha querida Florianópolis. Mudei para São Paulo e muitas portas se abriram diante dos meus olhos – e ouvidos. No começo de 1995 descobri o club Latino e o bar Gourmet, lá onde a rua da Consolação fervia nos finais de semana. Logo veio o Mercado Mundo Mix e o after hours Hell’s Club. Isso tudo pra dizer que ontem comemorou-se 15 anos de Hell’s Club com lançamento de DVD assinado por Daniel Zanardi, com trilha de Pil Marques e Thiago Salvione – em breve à venda nas melhores casas do gênero.

O tempo passou e de repente (1996) me deparei com DJ Mau Mau, conheci o cara no MMM e comprei seu primeiro CD (que ainda está na minha discoteca). Ouvi aquilo e pensei: vou descobrir o telefone dele e sugerir de fazermos um videoclipe. Nesse momento me joguei de cabeça na “cena eletrônica paulistana”.

Lembro dos chill ins no Gourmet e The Cube e depois a loucurinha pra conseguir entrar no Hell’s. As meninas – Adriana Recchi e Ana (posteriormente PetDuo) – eram implacáveis pra deixar o povo adentrar no lugar mais desejado da noite em São Paulo. Com alguns amigos, conseguia me jogar no porão do Columbia e ficar por lá ouvindo techno nas manhãs de domingo. O banheiro ficava invariavelmente inundado; muita confusão na chapelaria; eu não conhecia ainda os top clubbers e era um mero frequentador. Quando a luz verde inundava tudo e a fumaça me cegava, aí sim o techno assumia o controle da minha mente e do meu corpo. Os flyers grandes do Hell’s eram muito bons e sempre tinham aquela frase perfeita pra ocasião: “don’t forget your sunglasses”.

Mas voltando ao videoclipe, consegui o telefone do Mau Mau e sugeri de fazermo o tal videoclipe. Ele adorou a ideia e sugeriu a música “Noise3”, uma das duas de sua autoria no tal primeiro CD. Seria o primeiro videoclipe de um DJ! Mau também sugeriu que a amiga Marcelona fizesse parte do vídeo, e fez! Com a amiga de muitos vídeos Cláudia Erthal, parti para a produção. Marcelona logo indicou Alexandre Herchcovitch pra nos emprestar o figurino. Fomos ao depósito do Alexandre, na antiga loja na Alameda Franca, e nos deliciamos com as criações dele – tinha os tais vestidos de látex maravilhosos. Gravamos parte no meu apartamento no Copan, parte na Paulista e na frente no Hell’s, na rua Estados Unidos. Entramos com uma câmera Beta enorme e outra pequena Hi-8 no Hell’s. Lembro da Vivi Flaksbaun reunindo um povo pra aparecer no clipe – Marcelo Otaviano, Paulinho Silveira, Grace Lesada, Ana (& David) e outros – fizeram caras e bocas em frente a um banner com o símbolo do Hell’s. O Mau mal aparece no videoclipe, por incrível que pareça. Ele está bem desfocado no fim do filme vestindo uma camiseta amarela de plush do Alexandre. Mais umas cenas pela cidade – o indefectível túnel Ayrton Senna – e estava pronto o vídeo. O resultado tosquinho – mas sincero – do nosso olhar sobre aquela nova música está aí pra quem quiser conferir.

O tempo foi passando e fui conhecendo a tal “nação Hell’s”. Já me permitia dar uma passada na cabine pra falar com Mau Mau; sempre avistava a Paula (Chalup) e seus dreadlocks; o Pil na porta salvando a gente que não tinha carteirinha; a bicha das castanholas; Alma Smith gritando “tu é gay, tu é gay que eu sei”; Ana e David eram meus vizinhos no Copan e voltávmaos juntos de ônibus cruzando a rua Augusta ao meio-dia de domingo. Vestíamos roupas de nylon da Slam, óculos cyber, tênis supercoloridos e toda aquela loucura na cabeça. São essas as imagens mais bacanas que ficaram na minha cabeça dequela balbúrdia que mudou minha cabeça pra sempre.

7 Comentários

Arquivado em club, sem categoria, vídeo

ainda navegando na moda

Este texto foi postado originalmente no site do Brazil Fashion Cruise, com fotos de Vladi Fernandes.

Fashion Cruise 2010 – uma semana de moda a bordo de um transatlântico

Caroline Bittencourt e Samuel Cirnansck (ao fundo) assistem desfile na piscina

A top model Caroline Bittencourt (na foto ao lado) abriu o 2˚ Brazil Fashion Cruise na noite de sábado (30/1). Com o teatro do navio MSC Orchestra lotado, Caroline falou sobre o concurso Top Fashion Cruise que selecionou as 20 modelos que desfilaram nesse cruzeiro. O concurso é promovido pela Dreamakers e Ten Model e deu à vencedora prêmios como um beauty day no salão Jacques Janine, uma joia, roupas das grifes participantes, a capa da revista Drops e, é claro, um contrato com a Ten Model. O primeiro desfile foi da marca mineira Drosófila no sábado mesmo, após a apresentação de Caroline.

Paola veste look da grife mineira Drosófila

A estilista mineira Dayse Soares trouxe para o 2˚ Brazil Fashion Cruise sua grife Drosófila.  A coleção apresentada é a deste verão 2010, que traz comprimentos mini e inspirações no guarda-roupa masculino, construindo looks com base na alfaiataria e no pijama. Laranjas e azuis foram os focos entre tons neutros, em tecidos acetinados ou de aspecto opaco, com listras e xadrezes. Acessórios multiétnicos dão o charme descontraído e chique.

Desfile da AMP na piscina do navio

Desfile da AMP na piscina do navio

A marca paulista AMP – A Mulher do Padre ferveu no final da manhã de domingo (31/1) à beira da piscina. Ao fundo da passarela estava o grafiteiro Flip, um dos mais talentosos do país, pintando um grande mural. As modelos desfilaram pelo deck da piscina usando mini-vestidos em tons pasteis, com estampas minimalistas e volumes. O universo jovem da AMP é calcado na street wear. O DJ Mimi fez a trilha sonora do fashion show com house music.

Moda praia 2010 do Clube Bossa

O sol levou muita gente para as piscinas do MSC Orchestra na segunda-feira (1/2), mas o pessoal do Fashion Cruise trabalhou duro para deixar tudo pronto para o terceiro desfile a bordo. Foi a vez da moda praia da sofisticada marca Clube Bossa. O estilista Guilherme Vieira apresentou a coleção de verão da grife Clube Bossa na piscina no final da tarde. Maiôs tomara-que-caia e de um ombro só, maiôs meia taça, tops, túnicas longas e kaftans fluídos compõem a coleção. A cartela de cores tem tons pasteis e traz o nude como destaque. Enquanto as modelos desfilavam, o DJ Renato Ratier fez a trilha sonora baseada em house music. A segunda-feira terminou com festança do selo Puzzle Records dos DJs Mimi e Mr. Gil na discoteca do navio até o amanhecer.

Ao meio-dia da terça-feira (2/2), dia de Iemanjá, o cruzeiro chegou em Maceió, capital de Alagoas. Durante a manhã o estilista Samuel Cirnansck fez prova de roupas com as modelos e deixou tudo pronto para o desfile que aconteceria na quinta-feira. Como não teve desfile na terça-feira muita gente foi curtir as praias de Maceió, com direito a passeio de jangada. À noite, o som foi comandado pelo trio De Polainas – Adriana Recchi, Ana Flávia e Marina Dias. Muito rock e pop animaram a noitada na boate R32, no 14˚ andar do navio. O VJ Daniel Zanardi produziu as imagens que eram projetadas nas 40 telas de plasma espalhadas pelo club.

A moda sexy e burlesca de Thaís Gusmão

Depois de passearmos pela bela Salvador na quarta-feira (3/2), conferimos o desfile de Thaís Gusmão, que mostrou muita sensualidade com biquínis e lingeries especiais, tudo em tom burlesco. O trio De Polainas fez a trilha e vestiu modelitos de Thaís. Logo depois, Pil Marques fez a festa com uma edição especial do Hell’s Club a bordo do navio MSC Orchestra. Todo mundo de preto e vermelho usando chifrinhos luminosos e outros brinquedos que lembraram Halloween.

Ensaio do desfile de Samuel Cirnansck

Navegando a quinta-feira (4/2) inteira, rumo a Búzios, aconteceu a finalíssima do concurso Top Fashion Cruise logo após o desfile da grife Samuel Cirnansck. A vencedora foi a bela mineira Paola Elisa, que recebeu o prêmio após o badalado desfile de Samuel no grande teatro do navio. Paola vai estrelar o ensaio de capa da próxima revista Drops ao lado da top model Caroline Bittencourt. O ensaio foi clicado num resort de luxo em Búzios. Você pode vê-las nas iamgens acima dos desfiles de Clube Bossa e AMP. A festa D-Edge Night finalizou o penúltimo dia do Fashion Cruise com os DJs Renato Ratier, Pil Marques e Mr Gil se revezando na cabine de som da disco R32. A atmosfera do club D-Edge invadiu o navio!

Juliana Knust para Ecko Red

A tarde ensolarada e quente de sexta-feira (5/1) em Búzios marcou o desfile da grife Ecko Red, que levou a atriz global Juliana Knust para a passarela à beira da piscina. A trilha sonora ficou a cargo do trio De Polainas e as modelos desfilaram uma linha básica, incluindo jeans, camisetas, polos e vestidos. Os grafiteiros Tinho e Flip pintaram um mural especial enquanto rolava o desfile. Depois a festa continuou com a house music de Mimi e Mr. Gil no deck da piscina, e à noite os DJs Trusty e Bunnys e o projeto Violive movimentaram a discoteca.

No sábado (6/2) pela manhã, o Fashion Cruise desembarcou em Santos em clima de trabalho cumprido, com toda a equipe e convidados comemorando o sucesso da segunda edição. Em 2011 o Brazil Fashion Cruise promete surpresas e muito mais badalação, moda, música e arte pelos mares do Sul.

1 comentário

Arquivado em club, Música, Moda