Arquivo da tag: angélica

vou de táxi pra balada, ‘cê sabe

Angélica visionária ou prudente? Ela costumava andar de táxi, hoje deve se contentar com uma picape blindada com motorista, né? Enquanto isso a lei seca pra quem dirige foi sancionada no país sem contrapartida de transporte público alternativo. Em São Paulo, o metrô ainda não funciona 24h, mas das 4h40 à meia-noite e nos sábados até à 1h. Ônibus também vejo pouco circulando de madrugada. Fora isso, não há campanhas de incentivo ao uso de transporte público, aliás criou-se a lei seca para motoristas e não se fez muito mais para mostrar como sair de casa para beber e voltar seguramente. Muita gente ainda arrisca-se de carro pela noite. Mas hoje leio a boa notícia sobre a redução de 30% do valor da tarifa dos táxis paulistanos nas sextas, sábados e vésperas de feriados à noite.

Li a notícia hoje na Folha de S.Paulo: “A medida faz parte do programa Táxi Amigão, da prefeitura, que quer incentivar as pessoas a não usarem o carro quando saírem para beber. O desconto entrará em vigor nesta sexta [4/12]. Ele valerá das 20h às 6h, horário em que é cobrada a bandeira dois. Com o desconto, a tarifa custará o mesmo que na bandeira um.” Boa notícia para os beberrões e para os bolsos em geral. O programa é voluntário, só entra na jogada quem quiser, e até agora contam-se 600 táxis que disseram que vão aderir ao programa, enquanto a frota paulistana é de mais 33 mil. Claro que o sindicato dos taxistas é contra, alegando que muita gente não vai largar o conforto do próprio carro, que o preço dos combustíveis não baixaram e que quem sai pra balada é porque tem dinheiro. Esse último argumento me fez rir, e é do presidente do sindicato, que é na maioria malufista. Reproduzo o dito aqui: “Quem vai para a balada é quem tem dinheiro e não precisa de desconto”, afirma Natalício Bezerra, presidente do Sinditaxi (Sindicato dos Taxistas Autônomos de São Paulo). O principal temor da entidade é o prejuízo para os taxistas. “Nós estamos sem reajustes há três anos, não temos como aceitar esse rebaixamento nas tarifas. É esdrúxulo”, afirma.” Mas os táxis de São Paulo estão entre os mais caros do Brasil! E quem recebeu reajuste de salário que levante a mão! Sindicalistas não pensam no bem comum, mas apenas no deles. Quantas vidas serão salvas, quanto se economizará em despesas hospitalares, quanto os táxis receberão a mais se as pessoas deixarem os carros em casa? Isso parece não contar.

Claro que a prefeitura precisa fazer uma campanha para que todos saibam da novidade e optem pelos táxis credenciados a cobrar menos. Dizem que farão campanha nos bares, vamos ver se rola mesmo. “Como é voluntário, nem todos os táxis terão a tarifa reduzida – os que aderirem circularão com um adesivo e luminoso verde, em vez do branco“, informa a Folha.

Os prós desse novo serviço também são explorados na matéria. “Haverá ainda outras vantagens: prioridade no cadastro para trabalhar em eventos como Carnaval e Fórmula-1, gratuidade para estacionar em áreas de Zona Azul aos sábados e ainda vão surgir 40 novos pontos onde só poderão parar táxis com o adesivo do programa. O primeiro taxista a se cadastrar no novo serviço, José Domingos Lopes, e confia que o movimento de clientes vai aumentar, dizendo que terá de circular menos atrás de clientes.”

Agora é a vez dos clientes darem preferência aos táxis credenciados e assim forçar que mais taxistas entrem no programa Táxi Amigão. E também tem de incentivar os amigos baladeiros a deixar os carros em caso para sair com mais segurança e conforto para a festas de fim de semana. Beba, vá de táxi e evite acidentes!!!

Veja a relação de pontos do Táxi Amigão:

Região Vila Madalena – 6 pontos

  • Rua Fradique Coutinho x Rua Aspicuelta
  • Rua Mourato Coelho x Rua Aspicuelta
  • Rua Wizard x Rua Harmonia
  • Rua Inácio Pereira da Rocha x Rua Fradique Coutinho
  • Rua Mourato Coelho x Rua Wizard
  • Rua Fidalga x Rua Inácio Pereira da Rocha

Região Jardins – 8 pontos

  • Alameda Itu, entre a Rua Augusta e a Rua Padre João Manuel
  • Rua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, entre a Rua dos Pinheiros e a Rua Artur Azevedo
  • Rua Haddock Lobo, entre a Alameda Tietê e a Alameda Franca
  • Rua Bela Cintra x Rua Oscar Freire
  • Rua Oscar Freire, entre a Rua Peixoto Gomide e a Rua Ministro Rocha Azevedo
  • Rua Haddock Lobo x Rua Vitório Fasano
  • Rua Melo Alves x Alameda Lorena
  • Rua Barão de Capanema, próximo à Rua Padre João Manuel

Região Augusta (Lado Centro) – 3 pontos

  • Rua Haddock Lobo, entre a Rua Antonio Carlos e a Rua Matias Aires
  • Rua Fernando Albuquerque, próximo à Rua Bela Cintra
  • Praça Roosevelt x Rua Nestor Pestana

Região Bela Vista – 1 ponto

  • Praça Dom Orione

Região Luis Dumont Villares – 3 pontos

  • Av. Luis Dumont Villares x Rua São Leôncio
  • Av. Luis Dumont Villares x Rua Eduardo Espíndola Filho
  • Av. Luis Dumont Villares x Rua Padre José Rebouças

Região de Moema – 4 pontos

  • Rua Canário x Av. Sabiá
  • Av. Lavandisca x Alameda Jauaperi
  • Alameda dos Arapanés x Av. Sabiá
  • Alameda dos Pamaris x Av. dos Imarés

Região Rua Dr. César – 4 pontos

  • Rua Dr. César x Rua Henrique Bernardelli
  • Av. Santos Dumont x Av. Gil Guilherme
  • Rua Dr. César x Rua Comendador Joaquim Monteiro
  • Rua Salete x Av. Brás Leme

Região Eng. Caetano Álvares – 2 pontos

  • Av. Eng. Caetano Álvares x Rua Nabuco de Araujo
  • Av. Eng. Caetano Álvares x Rua Pelegrino

Região Tatuapé – 6 pontos

  • Rua Coelho Lisboa, próximo à Rua Euclides Pacheco
  • Rua Itapura, próximo à Rua Cantagalo
  • Rua Serra de Japi, próximo à Rua Euclides Pacheco
  • Rua Serra de Bragança, próximo à Rua Serra de Japi
  • Rua Cantagalo, próximo à Rua Coelho Lisboa
  • Rua Isidro Tinoco, próximo à Rua Tijuco Preto

Região da Mooca – 3 pontos

  • Rua Guaimbé, próximo à Rua Madre de Deus
  • Rua Juventus, próximo à Rua Conde Prates
  • Rua Aparaju, próximo da Praça Visconde de Souza Fontes

Marido da Angélica é taxista?!

1 comentário

Arquivado em cidade