findi

A exposição do David LaChapelle estava aberta durante todo o feriado, ao contrário do que dizia a coluna da Mônica Bérgamo na Folha de S.Paulo. A expo não é muito grande mas as fotos são incríveis, é claro! E a instalação onde passam os videoclipes também ficou muito boa – uma cruz espelhada divide o espaço em quatro retângulos onde passam alguns vídeos clipes dirigidos por LaChapelle. Tem todo um clima nightclub. Também está passando lá no Mube o documentário “Rize” dirigido pelo fotógrafo e que já passou aqui em São Paulo há alguns anos dentro do FilmFashion. Aliás, que fim levou o Film Fashion?

cid_221.jpgfoto do meu celular

Mas é bom prestar atenção também na mostra Arte Finlandesa 2008 que está no Mube. Não gostei das pinturas que me lembraram algo ainda mal-elaborado, coisas meio passadas como pintura matérica e um abstracionismo pra lá de chato. Mas tem umas fotografias muito boas, são uma série de fotos de gelo e outra de cães em alto contraste. Não anotei o nome do artista… mas é o melhor da exposição na minha opinião. Tem também um vídeo bacana, todo em primeiríssimo plano de máquinas trabalhando em um lixão. Também não anotei o nome do artista… E o site do Mube é uma desgraça, está desatualizado; e no museu não tinha mais fôlderes dessa exposição.

Na sexta-feira também fui conferir a banda Oz Poneys lá no Clube Glória. Os vocalistas da banda são Fábia Bercsek e Luis Depeche. Só pelos fofos já vale a saída de casa, nééé? E deu na imprensa, quando da apresentação da banda durante o desfile da Fábia, que a banda era kamikase, terminaria ali mesmo na SPFW. Mas parece que a Fábia e o Depeche gostaram da brincadeira e fizeram mais esse showzito. Perguntei pra eles se Oz Poneys iriam tirar seu cavalinho da chuva e eles me responderam com caretas – efeito da vódega eu acho – que pareciam dizer que pode ser que voltem ao palco… O som é um coisa bem punk, viu?! Se tiver mais eu vou e aviso te aviso!

cid_896.jpg  mais uma do meu celular

Pra terminar esse feriadão cultural assiti a três vídeos – nem eu acredito nisso, porque não gosto de ver filmes na TV. Vi os documentários “Buena Vista Social Club” (Wim Wenders) e “Arquitetura da Destruição” (Peter Cohen) e ainda o filme “O Último Tango em Paris”, de Bernardo Bertolucci com Marlon Brando e Maria Schneider. É que fiquei intrigado para rever o filme depois que li uma excelente entrevista com Brando na última Rolling Stone Brasil, que tem tirado do baú ótimas entrevistas como essa do Brando de 1979 e uma do Michael Jackson do começo dos anos 1980. Essa do Michael está na edição de dezembro. Mas na entrevista com Brando dá pra sacar que ele ficou bem passado depois das filmagens de “O Último Tango…”, e as personagens do filme então… são pra lá de perturbadas!

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em artes plásticas, cinema, fotografia, Música, Moda

2 Respostas para “findi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s